domingo, 20 de junho de 2010

2ª feira - "FALTA DE ELEGÂNCIA"



COCÔ DE CACHORRO




Quem nunca pisou em um? Tem coisa pior que aquele cheiro e aquela meleca toda que entra no seu sapato quando você pisa numa "pedra mole" na calçada?
Adoro os bichos mas odeio os seus donos. Não tem coisa mais deselegante que o ser humano que leva o seu Totó pra dar a sua "cagadinha" diária e larga a obra prima na porta do meu prédio. 
De uns tempos pra cá algumas pessoas tomaram consciência e resolveram recolher a bostinha dos seus cães. Outras estão literalmente cagando e andando.  Rogo para que os seus Totós tenham um tremendo desarranjo intestinal dentro de casa e que quando esses seres deselegantes chegarem exaustas do trabalho, loucas por um banho e um bom jantar, tenham que, antes de mais nada, lavar o chão da casa toda. 
Assim como os meus porteiros tem que lavar todos os dias a calçada em frente ao meu prédio. 

Mas como deselegância infelizmente também não tem limite, agora tem gente que sai com seu animal doméstico e leva na mão o saquinho plástico para recolher as fezes caninas. Mas o que deveria se tornar a solução virou um novo problema. A dona do cão larga no cantinho da calçada o saquinho recheado. Quentinho. 
E quem vai recolher aquilo? O saquinho por acaso sai andando?  O cocô tem vida própria e vai se jogar sozinho no lixo? O meu porteiro já disse que recolher saquinho de cocô da calçada ele não vai nem que seja demitido por justa causa! E ele tem razão.
Melhor então ser menos deselegante e deixar o cocô desembalado na calçada, pelo menos ele é orgânico e um dia desaparece. Já o saquinho plástico....leva 600 anos!
Eu sugiro as pessoas a fazerem o que está na foto acima. Personalizar os cocôs que encontrarem na frente das suas casas.
Portanto proprietários de cães, vocês tem algumas opções para não levarem o título de deselegantes do bairro. São elas:
- Leve seu saquinho recheado de merda para o lixo da sua casa. O cocô faz parte do cachorro.
- Ensine seu cachorro a fazer o seu cocô no jornal dentro de casa e depois jogue no lixo
- Troque seu cachorro por um gato, que só caga na bacia de areia!

E porque em Moema tem tanto cachorro?????

1 comentário:

  1. Olha Helena ... não sei de onde sai tanta inspiração, mas eu ri pra c#$*@### com os termos usados nesse texto...aquele da "pedra mole" foi show...

    Adilson (Didis)

    ResponderEliminar